sexta-feira, 12 de maio de 2017

Crédito à habitação em máximos de sete anos

Em março, os bancos emprestaram 720 milhões de euros para efeitos de crédito à habitação, o valor mensal mais elevado desde dezembro de 2010, período em que o financiamento para a compra de casa situou-se nos 844 milhões de euros.
Segundo o ECO, que cita dados do Banco de Portugal (BdP), a concessão registada em março permite elevar para 1,8 mil milhões de euros o total do crédito à habitação disponibilizado no acumulado do ano, o que corresponde também a um máximo de 2010.
Um cenário que se deve manter, já que os bancos antecipam que haja um aumento da procura de crédito à habitação no segundo trimestre do ano.
No que diz respeito ao crédito ao consumo, ascendeu em março a 393 milhões de euros, também o valor mais elevado desde o último mês de 2010. Em fevereiro, a concessão com essa finalidade tinha ascendido a 318 milhões de euros, escreve a publicação.
Na finalidade de outros fins também se observou um aumento dos níveis de concessão: este segmento captou 201 milhões de euros, o valor mais elevado desde abril de 2015.
fonte: Idealista News

Sem comentários:

Publicar um comentário