quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Valor médio da avaliação bancária voltou a subir em Dezembro

Segundo os dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), trata-se de um aumento de nove euros por m2 quando comparado com o mês anterior. 

"A Área Metropolitana de Lisboa (com um valor médio de avaliação de 1.330 euros/m2, associado a uma variação de 0,7%) e a região Norte (971 euros/m2, taxa de variação de 1,1%) foram as regiões que mais influenciaram o acréscimo mensal observado para o total do país", refere o INE. 

Comparativamente com o período homólogo, o valor médio de avaliação no total do país registou um aumento de 4,8% em dezembro (variação de 4,6% no mês anterior), com os aumentos mais expressivos a serem observados nas regiões Norte (5,2%), Centro (4,8%) e Área Metropolitana de Lisboa (4,6%). 

Nos apartamentos, o valor médio de avaliação aumentou 0,5%, face ao mês anterior, fixando-se em 1.143 euros/m2 em dezembro. Este acréscimo resultou dos aumentos na maioria das regiões. 

Nas moradias, por sua vez, o valor médio de avaliação bancária para o total do país fixou-se em 1.026 euros/m2 em dezembro, traduzindo um aumento mensal de 1,2%. 

Para o conjunto de 2016, o valor médio de avaliação fixou-se em 1.073 euros/m2, o que se traduziu num acréscimo de 3,8% relativamente ao ano anterior. 

De acordo com o INE, observou-se em termos globais um crescimento do valor de avaliação em todas as regiões, tendo as regiões Norte e Algarve apresentado as variações de maior intensidade, 4,5% e 4,7%, respetivamente. 

Por natureza de alojamentos, no ano de 2016, o valor médio de avaliação bancária aumentou 3,4% nos apartamentos e 4,2% nas moradias, para valores médios de avaliação de 1.118 euros/m2 e de 998 euros/m2 (um valor que compara com os 1.081 euros/m2 e 958 euros/m2, respetivamente, observados em 2015, pela mesma ordem).
Fonte: Noticias ao Minuto

Sem comentários:

Publicar um comentário